Cactos e suculentas são opções diferentes para Dia das Mães

    De diferentes cores, tamanhos e formas, cactos e suculentas estão cada vez mais presentes em casas e ambientes de trabalho. São plantas de fácil cuidado, se adaptam a ambientes internos e precisam de pouco manejo. Além disso, é uma opção ecológica para quem ainda não escolheu o presente do Dia das Mães, celebrado no segundo domingo de maio.
    Neste dia 12, das 14h às 20h, acontecerá no Hostel Roraima, localizado na avenida Mário Homem de Melo, número 549, no Centro de Boa Vista, a I Feirinha de Cactos, com mais de 50 espécies de cactos e suculentas disponíveis.
    Uma das organizadoras do evento, Tatiana Morceli, afirmou que a paixão pelas plantas existe há anos e, juntamente com mais duas amigas, buscou exemplares de várias espécies até mesmo em criadouros fora do Estado. “E com o tempo formamos uma coleção! São plantas de fácil cultivo e que se adaptam muito bem ao nosso clima”, disse.
    Com o aumento do cultivo, muitos cactos e suculentas foram reproduzidas em mudas e sementes, o que motivou o trio a disponibilizar as espécies para quem aprecia. Os preços variam entre R$ 5,00 e R$50,00. “O valor é de acordo com o tamanho e espécie. Algumas são mais difíceis de conseguir reproduzir, então são mais caras”, justifica Tatiane. Mais informações pelo telefone 98121-7000.

    DICAS PARA MANTER UM CACTO BONITO E SAUDÁVEL

    Em vários sites na Internet, paisagistas e #succolovers, como são chamados aqueles que amam cactos e suculentas, mostram as mais variadas formas para cultivar as plantas de maneira saudável, e são unânimes em dizer: estas espécies precisam de luminosidade e atenção nas regadas.
    – Em ambientes internos, colocar a planta próximo à janelas ou locais com acesso de luz;
    – Dê preferência a vasos, latas ou outros recipientes com ‘furinhos’ na parte de baixo;
    – Plantas pequenas, regar de quatro em quatro dias, enquanto as grandes podem chegar a duas regadas por mês (de acordo com cada espécie).

    Por Yasmin Guedes

    Da Equipe EducaRR

    Deixe um comentário