Alunos do Colégio Militar Jaceguai recebem primeira condecoração de 2018

Com apenas três meses de implantação da doutrina militar, 25 estudantes do CME (Colégio Estadual Militarizado) Professor Jaceguai Reis Cunha obtiveram nota acima da média e receberam o Alamar, referente ao destaque no 1º bimestre do ano letivo 2018.

A honraria foi concedida aos alunos por mérito escolar. A cerimônia de entrega acorreu na tarde desta quinta feira, 17, na quadra Poliesportiva da escola, bairro Asa Branca.

De acordo com a doutrina militar, a comenda do Alamar é dada aos alunos que preenchem determinados requisitos, em cada bimestre do ano letivo. Além disso, os estudantes precisam alcançar média geral no bimestre igual ou superior a 8,50, bem como, não ter nenhuma média em disciplina isolada inferior a 8,00, não podendo ainda ter sido submetido à avaliação de recuperação em nenhum instrumento avaliativo e devendo estar no mínimo no comportamento considerado, pelos parâmetros nacionais de educação, como “bom”.

O gestor do CME, coronel José Augusto Arruda de Souza, afirmou que a nova metodologia de ensino foi aprovada pela comunidade e pais dos alunos. Segundo ele com três meses de implantação do CME Jaceguai Reis, foi possível perceber a mudanças de comportamento dos estudantes.

“Graças à ideia da governadora em militarizar o ensino em algumas escolas podemos perceber os resultados, o que representa avanços na qualidade de ensino dos nossos alunos. Temos a aprovação de toda comunidade local, aqui temos alunos comportados, são crianças disciplinadas, e por isso nós passamos essa doutrina de disciplina e hierarquia. Esse é o comportamento que eles devem adotar dentro de uma sociedade”, disse Arruda.

Durante a apresentação, familiares aguardavam ansiosos o tão esperado momento do reconhecimento pelo bom comportamento e esforço individual de cada um dos agraciados. Além dos 25 Alamares concedidos, 16 alunos recebem o “Diploma Orgulho do Colégio Jaceguai”, dado como forma de reconhecimento por ação meritória esportiva e intelectual, em competições ocorridas em nível estadual.

O secretário de estadual de educação, José Gomes, disse que a militarização do ensino das escolas melhorou significativamente a educação em Roraima.

“O ensino militar é hoje o resultado de uma política implantada pela governadora Suely Campos em 2016, com três escolas, mas que em 2018 ampliou com mais 15 escolas, e isso com certeza é resultado do compromisso em melhorar a educação do nosso Estado”, destacou José Gomes.

Fonte: Secretaria Estadual de Comunicação

Deixe um comentário