Centro de Referência reforça combate ao câncer de colo do útero

Na Região Norte, o câncer de colo do útero é a doença que mais mata mulheres, segundo o Ministério da Saúde. Para reforçar o combate à doença, o CRSM (Centro de Referência da Saúde da Mulher) realizou uma qualificação para profissionais de saúde dos municípios e do Estado.

Mais de 40 médicos e enfermeiros participaram do treinamento, nesta terça-feira, 22, que busca oferecer à população equipes atualizadas e preparadas.

A ginecologista Jordânia Gerdêlha foi quem ministrou o treinamento, e informou que o diagnóstico mais preciso da paciente permite que ela seja encaminhada para o tratamento adequado. “Por isso é importante identificar alterações no preventivo o quanto antes e impedir o avanço da doença”.

Além das atualizações, os profissionais receberam orientações sobre o funcionamento do Centro de Referência. “Essas palestras são importantes para que as unidades de saúde conheçam os nossos serviços e saibam em que momento encaminhar as pacientes para nós”, explicou Marília Pinto, apoiadora técnica especializada da unidade.

CENTRO DE REFERÊNCIA – No dia 25 de maio, o CRSM completa 15 anos de funcionamento. Inicialmente a unidade operava anexa à maternidade. No entanto, em agosto do ano passado foi inaugurada a sede própria que possibilitou a ampliação dos serviços.

Cerca de 40 serviços são disponibilizados, dentre eles estão: pré-natal de alto risco, mamografia, planejamento familiar (vasectomia e inserção de dispositivo intra uterino), ultrassom obstétrico e morfológico, entre outros. O Centro busca ofertar um atendimento humanizado às pacientes com uma equipe multiprofissional.

Para Marília Pinto, “o fato de termos uma governadora mulher trabalhando uma gestão que olha para as mulheres, contribui nos avanços dos serviços oferecidos para esse público e permite um atendimento mais humano a essas mulheres”.

 

 Fonte: Secom-RR

Deixe um comentário