7º Sabadão Concurseiro da Escola do Legislativo vai contar com simulado e aulão comentado

A Escola do Legislativo – unidade Sílvio Botelho realizará neste sábado, 9, uma atividade diferenciada para auxiliar aqueles que estão se preparando para o concurso público da Assembleia Legislativa de Roraima, que está ‘batendo à porta’, pois as provas serão aplicadas no dia 24 deste mês. O 7º Sabadão Concurseiro vai oferecer, além das tradicionais disciplinas exigidas em concursos, um simulado relativo ao conteúdo indicado no edital.

Conforme informou a coordenadora da unidade de ensino, professora Cristina Mello, no período da manhã, das 9h às 12h30, serão aplicadas as provas do simulado das disciplinas Regimento Interno da Assembleia Legislativa, Raciocínio Lógico, Direito Administrativo e Informática para Concurso. “No turno vespertino, das 14h30 até as 18h30, teremos a correção comentada deste simulado, quando os alunos poderão saber como estão se saindo para o concurso que está tão próximo”, disse.

As correções serão feitas pelos professores Luís Fernando Lima, Abel Mangabeira, Andreive Ribeiro e Jozimael Silva de Oliveira, e cada um deles terá uma hora para dirimir as dúvidas dos alunos. As inscrições estão abertas desde segunda-feira, 4, e no total estão sendo oferecidas 230 vagas. “Já estamos com 120 inscritos. Iniciamos em março o preparatório para o concurso da Assembleia e agora, chegando na reta final, os resultados estão aparecendo”, complementou, ao salientar que as inscrições podem ser feitas até o próprio sábado.

A professora anunciou que no dia 16, sábado, será realizado o 8º aulão com simulado, mas com as disciplinas de Direito Constitucional, Direito Tributário e Português. A manicure Luzanira Rodrigues, 29 anos, está há quatro meses se preparando para o concurso da Assembleia Legislativa. Formada em Ciências Biológicas, ela está apostando todas as fichas nesta oportunidade.“O concurso público é uma segurança, permite uma vida estabilizada, é um meio para mudar a vida para melhor, pois poderei investir em outras coisas. Aqui no Estado, por ser muito pequeno, o caminho é o concurso público. Hoje em dia é isso que as pessoas querem, e fico muito feliz em ver muitos jovens que estão acordando para estudar mais”, afirmou.

No dia a dia, ela sempre dá um jeito de encaixar os estudos voltados para o concurso. “Qualquer tempinho que tenho eu estudo. Se no trabalho não tiver cliente, pego o livro e vou estudar. Tem que ser assim porque não tem nada fácil nesta vida, tudo é na luta, tem que abrir mão de algumas coisas para conseguir outras. A técnica é ir avante, sempre!”, disse.

O aluno Abimael Sousa Maia, 34 anos, solteiro, está a quase dois anos desempregado. Mesmo morando no Raiar do Sol, bairro distante da Escola do Legislativo, que fica na rua Solón Rodrigues Pessoa, 1313, Sílvio Botelho, diariamente ele encara a rotina dos estudos presenciais naquela unidade de ensino. “Nos últimos dias, a preparação está mais intensiva por conta da prova que se aproxima. A minha preparação é basicamente aqui na Escola do Legislativo, onde estou desde o início, em março, além de participar de todos os aulões ofertados. Em casa faço a revisão das aulas. O simulado me dará base, para eu saber o quanto estou preparado. Sinto-me tranquilo para fazer o simulado e até o dia da prova, ainda vou me preparar muito mais”, garantiu.

  

Fonte: SupCom ALERR

Deixe um comentário